Estresse vs Infertilidade - Medicina Reprodutiva - Dr. Fábio Eugênio

Um dos temas mais debatidos e comentados, muitas vezes erroneamente, em reprodução humana, é a influência do estresse sobre a fertilidade. É muito comum que casais que estão tentando engravidar sem sucesso ouçam de amigos ou até mesmo de médicos não especialistas: “Vocês não estão conseguindo porque estão muito estressados ou ansiosos. Basta relaxar e esquecer que logo vocês conseguem a gravidez…”.

Até que ponto estas afirmações são verdadeiras, e qual a influência real do estresse sobre nossa fertilidade? Vamos tentar esclarecer neste post.

Para começar devemos dizer que o estresse é uma reação natural do organismo, e, na maioria das vezes, benéfica pois ativa sistemas orgânicos fisiológicos que aumentam nosso poder de defesa em relação a uma série de agressões internas e externas. Já à época dos nossos antepassados – os homens das cavernas – o estresse exercia um papel importante, preparando aquele homem para luta ou fuga, e sendo fundamental para sua mais longeva sobrevivência.

E todos nós, indistintamente, estamos submetidos a situações de estresse, mesmo quando bebês ou crianças. Principalmente nos dias atuais, de tanta velocidade, informação e competição. Portanto, o problema não é o estresse em si, mas a maneira como lidamos com ele, e a maneira como nosso corpo reage à “provocação”. Se o estresse está controlado e ocorre em ocasiões pontuais, não causa prejuízos relevantes ao organismo. E existem várias possibilidades de amenizar o estresse, como atividades de relaxamento, esportes, leitura, lazer em geral, convívio familiar, etc. Cada um deve encontrar sua maneira de diminuir o impacto que esta situação possa trazer.

Quando ocorre de maneira muito intensa e frequente, em pessoas que não conseguem lidar bem com os acontecimentos, o estresse pode levar a uma série de problemas. Há liberação no organismo de várias substâncias, entre elas a adrenalina, que leva a um aumento da frequência cardíaca e pressão arterial. Em longo prazo isto pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Há ainda reações metabólicas que levam a aumento de substâncias oxidantes, como os radicais livres, em vários tecidos e órgãos. Os radicais livres estão na origem de várias doenças como as autoimunes e degenerativas, inclusive o câncer. Portanto, estresse excessivo e não controlado pode levar a vários problemas de saúde.

É lógico então inferir que o estresse poderia também alterar a função reprodutiva e causar infertilidade. Afinal, o processo reprodutivo da espécie humana é altamente especializado e sensível a agressões. O processo inflamatório crônico e a produção excessiva de radicais livres decorrentes de situações prolongadas de estresse poderiam interferir em várias etapas da reprodução, causando distúrbios ovulatórios, prejudicando a qualidade dos óvulos, impactando negativamente na fertilização espontânea, ou ainda alterando a produção de espermatozóides no homem.

O raciocínio é lógico mas….é fundamental que as evidências científicas ratifiquem nossa impressão. O problema é que os estudos científicos têm se mostrado controversos neste assunto, com conclusões por vezes contraditórias, exceto em situações extremas de estresse que possam levar por exemplo a anovulação na mulher. Em situações cotidianas ou moderadas de estresse, fica difícil relacionar este problema diretamente com a dificuldade para engravidar. Provavelmente pela grande variabilidade que existe tanto nos problemas provocados pelo estresse, como também na reação de cada organismo a ele.

Desta maneira, não existe uma prova cabal, cientificamente inequívoca, de que o estresse possa causar infertilidade.

Entretanto, alguns detalhes devem ser ressaltados. Primeiro é que qualquer ação que vise a reduzir o estresse a que o casal infértil possa estar submetido, vai repercutir como uma melhora geral da saúde daquele casal. Então é rotina que o especialista recomende uma vida mais regrada, com dieta mais equilibrada, esportes e atividades de relaxamento, que tanto ajudam a reduzir o estresse como deixam o casal mais saudável para o bebê que está a caminho. Se estas recomendações vão aumentar a chance do casal engravidar, está para ser ainda comprovado por estudos.

Segundo, a infertilidade em si é um fator muitas vezes de extrema ansiedade e estresse para o casal. Por isso, tentar diminuir fatores externos que estejam acentuando estes problemas é também dever do especialista em medicina reprodutiva. O casal mais relaxado e equilibrado vai ser mais participativo, e lidar com mais tranquilidade com situações difíceis que possam surgir da própria avaliação (exames) e dos tratamentos de fertilidade.

Por hoje é só. Mas fiquem atentos (as). Na próxima semana permanecemos falando sobre o estresse, mas desta feita conversando sobre os efeitos que o estresse pode ter no resultado dos tratamentos de reprodução assistida.

Será que a mulher estressada tem menor chance de engravidar com a fertilização in-vitro (FIV?). Até a próxima semana….

47 Comentários para “Estresse vs Infertilidade”

  1. daisy disse:

    quero muito engravidar tenho uma filha de 9 anos e nao consigo engravidar novamente o que devo fazer eu tenho 32 anos
    sera que nao posso mais ter filho

  2. fabioeugenio disse:

    Oi Daysi,

    Há quanto tempo você está tentando engravidar novamente? Você já fez exames de avaliação do seu potencial reprodutivo?

    Estas respostas são importantes para definir a melhor conduta no seu caso.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  3. Celia disse:

    Drº Fábio tenho 35 anos, moro em Campo Grande MS, tive um bêbe a um ano e nove meses e por ocasião do parto fiz a laqueadura, mas depois de uns quatro meses já me arrependi, então depois de um ano de laqueada tentei a reversão, mas seis meses após o procedimento realizei os exames de histerossalpincografia  e o contraste não passou, parece que não funcionou, e eu ainda gostaria de ter mais um filho, pois não gostaria que meu filho crescese sozinho, quais são  as minhas chances de sucesso em fertilizaçao e por favor me envie valores. Obrigada! 

  4. fabioeugenio disse:

    Oi Célia,

    Suas chances com a fertilização in-vitro são excelentes, pois você tem idade ótima, e apenas o problema das trompas obstruídas.
    Para maiores informações contacte diretamente drfabioeugenio@gmail.com

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  5. cristinA disse:

    OII TENHO 21 ANOS E SOU CASADA HA DOIS ANOS E NUNK  CONSEGUI ENGRAVIDAR  PQ SERA ?????? JA FIZ ULTRÇÃO E NÃO TENHO POBREMA NENHUM 

  6. fabioeugenio disse:

    Oi Cristina,

    Vocês devem fazer os exames de avaliação reprodutiva. Além do ultrassom, a histerossalpingografia, exames hormonais, e espermograma.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  7. ussai buaro disse:

    oi dr fiquei muito contente por ter-me respondido tenho 29 anos vivo em portugal.

  8. ussai buaro disse:

    fiquei gravida 2 vezes primeira foi aborto expontaneo o segundo foi etopica dr.a minha vontade agora e de morrer porque nao estou preparada pra ver o meu marido nos braços da outra mulher. ajuda-me por favor

  9. fabioeugenio disse:

    Olá Ussai,

    O importante é avaliar como está sua trompa restante. Você precisa realizar o exame Histerossalpingografia.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  10. silvana disse:

    tenho 35 anos tenho muita vontade de emgravidar que devo fazer
     
     

  11. fabioeugenio disse:

    Olá Silvana,

    Se há mais de 6 meses você tenta engravidar sem sucesso, procura fazer exames de avaliação do seu potencial reprodutivo, e de seu marido.
    Assim poderemos saber se existe algum problema. e qual o tratamento mais indicado.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  12. doltor fabio tenho 2filhos 13e 16 anos mais ja teve 2abortos todossepre com dois mezes ele sipresmete moren detro de mim  comesa com um sagramento quando vol fazer utrason ja etau motos e o medicos falan que isame estao normais oque fasso quero muito engravidar  . obrigado
        

  13. Cristiane disse:

    Dr Fabio estou tentando engravidar a 1 ano sem sucesso, fiz um exame chamado Histerossalpingologia, e foi detectado que minha trompa direta esta entupida.Tb do msm lado tenho apenas metade de um ovario pois qdo tinha 16 anos tirei um cisto. Quais são minhas chances de engravidar com a penas um lado e tendo 35 anos ?? Tenho ainda chances ??

  14. fabioeugenio disse:

    Oi Jovelina,

    Você deve fazer os exames de avaliação para abortamentos de repetição.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  15. fabioeugenio disse:

    Oi Cristiane,

    Você tem chances de gravidez espontânea sim, mesmo apenas com uma trompa funcionante.

    Porém, se não acontecer em mais 6 meses, melhor recorrer à reprodução assistida.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  16. graceni disse:

    Dr.fabio boa noite,por favor preciso de sua ajuda meu marido e eu estamos tentando a 1 ano e meio ter um filho,e nada com ele esta tudo ok fez espermograma e o dopper,eu ate agora anda bem mais fiz a histero que por fim ainda não sei como estou,minha ginecologista  e só para o dia 9/05 faltam ainda 22 dias e essa angústia me  deixa preocupada,pois já estou com o resultado e não entendo nada,queria já saber se tenho que marcar um médico em reprodução humana,ou se meu exame esta ok. 1-    A radiografia simples da pelve mostra calcificação pélvica esquerda,de provável origem vascular(flebolito).           2- Canal cervical sem alterações aparentes. 3-Irregularidade parietal junto á região ístimica.4-Cavidade uterina de configuração habtual.5-Observou-se opacificação do terço proximal de ambas as trompas.6-Não houve opacificação dos segmentos distais das mesmas.7- cotte negativo.          desde já agradeço pela atenção e Obrigada.

  17. graceni disse:

    Dr.fabio boa noite,por favor preciso de sua ajuda meu marido e eu estamos tentando a 1 ano e meio ter um filho,e nada com ele esta tudo ok fez espermograma e o dopper,eu ate agora anda bem mais fiz a histero que por fim ainda não sei como estou,minha ginecologista  e só para o dia 9/05 faltam ainda 22 dias e essa angústia me  deixa preocupada,pois já estou com o resultado e não entendo nada,queria já saber se tenho que marcar um médico em reprodução humana,ou se meu exame esta ok. 1-    A radiografia simples da pelve mostra calcificação pélvica esquerda,de provável origem vascular(flebolito).           2- Canal cervical sem alterações aparentes. 3-Irregularidade parietal junto á região ístimica.4-Cavidade uterina de configuração habtual.5-Observou-se opacificação do terço proximal de ambas as trompas.6-Não houve opacificação dos segmentos distais das mesmas.7- cotte negativo.          desde já agradeço pela atenção e Obrigada. tinha posto essa pergunta no lugar errado desculpe.

  18. fabioeugenio disse:

    Oi Graceni,

    Este exame denota obstrução tubária bilateral. Conversa com teu ginecologista.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  19. dr fabio boa noite , gostaria de uma ajuda .quero engravidar , mas tenho que fazer uma fiv  com semem de doador meu marido é azoospermico somos casados ha 12 anos e nunca engravidei.moro em campo grande ms.aqui fica muito caro.poderia me indicar onde eu posso fazer com custo mais baixo .obrigado.seu pudesse conhecer o senhor eu faria o tratamento ai consigo,eu senti confiaça em voce.me ajuda por favor.

  20. fabioeugenio disse:

    Olá Aparecida,

    Se informa sobre o programa Acesso no site: http://www.probem.med.br/acesso

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  21. Elem disse:

    Olá Dr. Sou de Dourados MS, preciso fazer um exame chamado Histerossalpingografia, onde faço?
    Abraço!

  22. fabioeugenio disse:

    Oi Elem,

    Este exame é feito em clínicas de radiologia.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  23. Jerry disse:

    Bom dia Dr Fabio. Minha esposa esta tentando engravidar, tem 32 anos, meu espermograma está ok. Ela parou com anticoncepcional há um ano. Indicar a ela o exame histerossalpingografia, mas moramos em Ponta Porã/MS e não encontramos onde faça esse exame. O Sr saberia onde? Sei que em Campo Grande nao faz. Obrigado.

  24. fabioeugenio disse:

    Olá Jerry,

    Não conheço as clínicas da sua região, mas procure uma clínica de radiologia (raio X).

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  25. Ana Claudia disse:

    Bom dia Dr. Fábio!
    Tenho 30 anos e eu e meu esposo estamos tentando engravidar há quase um ano, mas sem sucesso… Já fizemos todos os exames e está tudo ok. (espermograma e desobstrução das trompas) O fato é que tenho ovário policístico e nunca tomei anticoncepcional. Sou muito ansiosa e para controlar esta ansiedade o médico me recomendou um medicamento (bupium) que já estou tomando há +/- 3 meses e também faço acupuntura há 7 meses…Tenho 1,68 e peso 58kg, tenho uma alimentação saudável e pratico atividades físicas 4x por semana. Minha preocupação é que posso ter outro problema e que talvez o médico não soube diagnosticar…. Existe algum outro tipo de exame que eu e meu marido devemos fazer?
    Agradeço desde já a atenção.

  26. fabioeugenio disse:

    Oi Ana Cláudia,

    Mesmo sem identificar uma causa, após 1 ano de tentativas já existe indicação de partir para algum tratamento, podendo iniciar por um mais simples como a indução de ovulação.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  27. Sabrina disse:

    Boa Noite,
    Preciso muito saber se consigo engravidar naturalmente. Tive uma gravidez tubaria onde perdi a trompa direita, e acabei de fazer uma histerossalpingografia e o resultado foi o seguinte: Trompa esquerda opacificada até ao terço distal. Cotte negativo bilateral.
    Existe algum tratamento para desobstruir a trompa ou penso logo em FIV??
    Muito Grata.

  28. fabioeugenio disse:

    Oi Sabrina,

    A melhor opção, sem dúvida, é a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  29. elina peixoto disse:

    Doutor Tenho 32 sou laqueada e Tenho 3 cesaria se eu fazer o exame histerossalpingrafia posso engravidar novamento se deus quizer

  30. fabioeugenio disse:

    Oi Elina,

    Você pode engravidar novamente se fizer reversão da laqueadura (cirurgia), ou a fertilização in-vitro (FIV).

    A histerossalpingografia apenas confirma a laqueadura (obstrução).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  31. RITAAKUTSU disse:

    BOA TARDE DR. FABIO
    FIZ UMA LAQUEADURA HA CERCA DE 10 ANOS ATRAS,ESTOU TENTANDO REVERTE-LA ..FIZ UM HISTERO QUE DEU O SEGUINTE LAUDO:
    COTTE NEG
    TROMPAS NÃO OPACIFICADAS
    HOUVE OPACIFICAÇÃO DA CAVIDADE UTERINA COM ASPECTOS..
    SERA Q ESSE LAUDO É MT RUIM?
    COMO VAI DEMORAR O RETORNO AO MEDICO QUERIA MT JA TER UMA NOÇÃO.
    GRATA PELA ATENÇÃO

  32. fabioeugenio disse:

    Oi Rita,

    Este laudo é o normal de uma mulher com trompas ligadas (obstruídas).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  33. Ana Paula disse:

    Oi dr. Onde faço histeroslpingografia em dourados ? Por favor me enforme

  34. fabioeugenio disse:

    Oi Ana Paula,

    Não conheço as clínicas da cidade. Se informe com seu ginecologista.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  35. Luciana disse:

    Boa noite!
    Estou a um ano tentando engravidar.
    Porém sem sucesso.
    Fiz no mês passado uma histerossalpingografia e o resultado foi q a trompa direita está pervia, mas não houve opacificacao. E a trompa esquerda deu que houve opacificacao até o terço distal.
    Gostaria de saber se existe possibilidade d eu engravidar naturalmente ou se precisarei de uma FIV.
    Obrigada!

  36. fabioeugenio disse:

    Oi Luciana,

    A indicação absoluta para FIV é se a s duas trompas estão obstruídas. Porém, mesmo com apenas 1 trompa ocluída, a FIV é um ótimo método de tratamento.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  37. Cinthya disse:

    Olá faz 4 anos que fiz laqueadura mas como fiz pelo sus não me disseram qual foi feita queria voltar a ter outro bebê por favor o que posso fazer me ajude quero saber se tem a possibilidade de fazer uma reversão

  38. fabioeugenio disse:

    Oi Cinthya,

    São necessários exames para avaliar. Mesmo se não houver como reverter, você pode engravidar pela FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  39. Celenita Ramos disse:

    Ola meu nome é Celenita ..

    o meu exame de Hist.. Deu seguinte informações :
    Trompa Direita : Nao hou opacificação da trompa
    Trompa esquerda : Opacificação da trompa , a qual tem trajeto para cima ,prova de Cotte positiva indicando permeabilidade tubaria

  40. fabioeugenio disse:

    Oi Celenita,

    Sua trompa direita está obstruída. A esquerda está pérvia, mas alterada.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  41. Andressa disse:

    Fiz histero e deu trompas tortuosas e flebolitos pélvicos , isso atrapalha engravidar? Pois tento tem
    Mais de 6
    Meses

  42. fabioeugenio disse:

    Oi Andressa,

    Se as trompas estão desobstruídas, mesmo estando tortuosas, pode haver gravidez.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  43. elane disse:

    Ola dr.
    Fiz histero e deu tudo normal porém obstrução tubária bilateral e prova de corte positiva. O que quer dizer? Tenho algum problema?

  44. elane disse:

    aguardando moderação.
    28 de dezembro de 2016 às 0:36
    Ola dr.
    Fiz histero e deu tudo normal porém obstrução tubária bilateral e prova de cotte positiva. O que quer dizer? Tenho algum problema?

  45. fabioeugenio disse:

    Oi Elane,

    O exame não está normal – mostra trompas obstruídas ! Neste caso a FIV é o melhor tratamento para engravidar.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  46. Aline disse:

    Boa tarde Dr. Fábio,

    fiz uns exames a una anos atrás pois não estava conseguindo engravidar, porém as explicações médicas foram bem confusas, primeiro me disseram que eu deveria fazer uma intervenção cirurgica, depois, que não precisava mais…no resultado da histero, apareceu o seguinte: útero em AVF; trompa direita opacificada com difusão do meio de contraste na cavidade peritonal; trompa esquerda ocluída em seu terço distal, obs: pequenas “bolhas” gasosas no interior da cavidade uterina; na eco: ovários – ambos apresentam vários pequenos folículos em sua periferia.

    Poderia me dar algum esclarecimento, se há algum impedimento de engravidar?

    Obrigada.

  47. fabioeugenio disse:

    Oi Aline,

    Existe obstrução de uma trompa, que dificulta gravidez natural.

    Se não está acontecendo, a melhor opção de tratamento é a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

Deixe uma resposta

Mensagem