Gravidez em mulheres com laqueadura tubária - Medicina Reprodutiva - Dr. Fábio Eugênio

A esterilização voluntária (laqueadura tubária nas mulheres e vasectomia nos homens) é uma das causas de infertilidade cada vez mais frequente em nossos consultórios. Na verdade, existe em nosso país uma cultura de massificação de técnicas como a laqueadura tubária para o controle de natalidade. Mais recentemente, a vasectomia também passou a ser estimulada, por ser um procedimento menos invasivo e requerer cuidados mais simples no pós-operatório.

Como médicos especialistas em reprodução humana, questionamos se todas as implicações da decisão pela esterilização estão sendo discutidas com esses casais. Sempre alertamos que a laqueadura tubária deve ser oferecida como método definitivo de esterilização, com todas as conseqüências decorrentes. Afinal, nem sempre existe possibilidade, caso haja arrependimento futuro, de desfazer cirurgicamente a laqueadura.

Neste sentido deve-se sempre fazer uma orientação completa ao casal sobre a grande variedade atual de métodos contraceptivos reversíveis, cada vez mais eficazes e seguros. Preservativos, pílula anticoncepcional, injeções contraceptivas, adesivos, implantes, dispositivos intra-uterinos (DIU), e outros métodos, podem ser utilizados sem riscos a longo prazo, desde que indicados e acompanhados pelo profissional médico competente. Assim o casal pode fazer de maneira tranquila o seu planejamento familiar, decidindo quando, e quantos filhos ter, e, caso mudem de ideia futuramente, suspender o método e partir para nova gravidez.

É preocupante constatar que o Brasil tem um dos maiores índices de laqueaduras do mundo, com quase 40% das mulheres em idade reprodutiva esterilizadas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O mais alarmante é que muitas mulheres brasileiras optam pela esterilização no auge de sua capacidade reprodutiva, entre 20 e 30 anos. Vários fatores podem levar ao arrependimento futuro, principalmente o desejo de novas gestações diante de um novo casamento, o crescimento ou falecimento dos filhos.

Por outro lado, a boa notícia é que a medicina reprodutiva oferece cada vez mais sucesso nos tratamentos que buscam nova gravidez em mulheres com laqueadura tubária. Basicamente duas estratégias podem ser utilizadas: a reversão da laqueadura, ou a fertilização in-vitro (FIV).

Para mulheres mais jovens, com menos de 35 anos, sem qualquer outro fator de infertilidade, a salpingoplastia, isto é, a reversão cirúrgica da laqueadura, pode ser uma alternativa para realizar o sonho da nova gestação. O sucesso da reversão envolve fatores como o tipo de lesão causada nas trompas e o comprimento da trompa que permanece após a laqueadura. Pode ser realizada por anastomose tubária microcirúrgica, via laparotomia ou via laparoscopia.  O percentual de sucesso é de até 70% de taxa cumulativa de gravidez, em 1 a 2 anos, dependendo da idade materna. Mas após a reversão, o risco de gestação ectópica, que ocorre na própria trompa, aumenta cinco vezes, podendo chegar a 7%. Em alguns casos, porém, mesmo reconstituídas as trompas não recuperam sua função.

Para mulheres com insucesso na reversão, mau prognóstico (associação de outros fatores de subfertilidade como endometriose ou fator masculino), idade mais avançada, ou que foram submetidas à salpingectomia (retirada das trompas) somente a reprodução assistida pode realizar o sonho de uma nova maternidade. A Fertilização In-Vitro (FIV), também conhecida como bebê de proveta, é a técnica indicada nesses casos. A ovulação da mulher é induzida por medicamentos. Os óvulos maduros são removidos do ovário e in vitro (antigamente na “proveta”) são unidos aos espermatozoides previamente selecionados. Após a fertilização, um ou mais embriões são transferidos para a cavidade uterina da paciente. Em condições ideais – mulheres até 35 anos, formação de bons embriões e padrão laboratorial de excelência – o índice de gravidez pode superar 60% por tentativa.

Infelizmente, enquanto a esterilização é realizada amplamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), casais com qualquer problema de infertilidade encontram desamparados caso necessitem do sistema público.  Para os casais que ainda não optaram pela esterilização fica o alerta: é importante pensar em outros métodos contraceptivos através do planejamento familiar. A laqueadura é recomendada sem restrições apenas para mulheres com problemas de saúde que tragam riscos elevados a uma nova gravidez.

(artigo também publicado no jornal OPOVO em 22 de janeiro de 2012)

1.055 Comentários para “Gravidez em mulheres com laqueadura tubária”

  1. sheyla disse:

    Dr.Fabio gostaria de saber ,quanto custa em media uma FIV. Tenho trompas obstruídas, e já estou com 33 anos de idade.

  2. fabioeugenio disse:

    Oi Sheyla,

    Em média de 15 a 25 mil reais, a depender do procedimento e da estimulação ovariana.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  3. Elisangela da Silva disse:

    Dr Fábio gostaria de saber quanto custa para eu engravidar novamente fiz laqueadura tubária.mas me arrependo,eu fix em 2006 eu tenho 33 anos

  4. fabioeugenio disse:

    Oi Elisângela,

    O custo atual da FIV é entre 15 e 25 mil, incluindo medicações.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  5. ana clei disse:

    Doutor tenho 42 anos e a 12 anos fiz a laqueadura qual minhas reais possibilidades de engravidar? Minha família 👪 e mt fértil e eu sou uma mulher saudável. Obg

  6. Mônica Moreira disse:

    Tenho 52 anos dois filhos adultos e fiz laqueadura , mas tenho vontade de ser mãe seria possível ainda? Existe algum método para gerar novamente mais um filho?

  7. Grazy disse:

    Ola dotor fabio fiz laqueadura aos 22 anos de idade
    Hj estou com 30 gostaria de saber se e possível
    A reversão, ou melhor método e a inseminação
    E qual o valor da reversão, e da inseminação?
    Obg

  8. fabioeugenio disse:

    Oi Ana,

    Existem boas chances com a FIV, em torno de 30 a 40%.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  9. fabioeugenio disse:

    Oi Mônica,

    O tratamento indicado é a FIV com óvulo-doação, mas deve-se avaliar primeiro seus riscos para uma nova gravidez.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  10. fabioeugenio disse:

    Oi Grazy,

    Você tem idade boa para os dois métodos. Através de exames é possível definir o melhor método.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  11. KELSIANNE HENRIUE AGUIAR disse:

    Ola Dr. Eu fiz laqueadora aos 30 anos e hoje estou com 38 anos. A Fiv e o procedimento mais indicado? A clinica faz todo o procedimento em Teresina ou tem que se deslocar a Fortaleza também? Pois tenho preferencia por Teresina por ser mais próximo do meu estado que eh o Maranhao. Aguardo seu contato.

  12. fabioeugenio disse:

    Oi Kelsianne,

    Sem dúvida as melhores chances são com a FIV. A parte final do tratamento (fertilização dos óvulos, e transferência dos embriões) é feita em minha clínica de Fortaleza.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  13. samia disse:

    ola´dr. tenho 36 sou laqueada a 16 anos .dai conversei com minha ginecologista sobre a possibilidade de uma gravidez falei pra pra ela q qria fazer reversao da laqueadura porem ela me falou q o mais viavel seria a fiv.entao optei pela fiv. fiz todos exames e nada contataou de errado dai o medico falou q minhas chaces eram otimas entao foram tranferidos 3 embrioes sendo 2 excelentes e 1 bom.mais nao tive exito pois meu teste deu negativo. dai lhe pergunto dr. tenho chances de fazer uma reversao?

  14. anônima disse:

    Boa noite Dr fiz laqueadura a. 13 anos agora tenho 38 anos o q o ser mi indicaria pra engravidar novamente. É possível e quanto custa

  15. carina disse:

    Fiz laqueadura tubaria a quase 5 anos posso engravidar obs:diabetes tipo 1 e quero engravidar

  16. Nana disse:

    Olá, Dr. Fábio!
    Me chamo Nana, tenho 35 anos e há 5 anos fiz uma laqueadura tubaria. Gostaria de saber qual procedimento seria melhor indicado para o meu caso: a reversão da laqueadura ou a FIV? Considerando que eu e meu esposo somos saudáveis. Gostaria de fazer a reversão mas caso não seja indicado, em virtude do tempo decorrido de minha laqueadura e de minha idade, faria a FIV, mas, em último caso.Gostaria de um aconselhamento do senhor. Abraços!

  17. fabioeugenio disse:

    Oi Samia,

    Através de exames pode ser definido se há boa chance com você pela reversão.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  18. fabioeugenio disse:

    Oi Jucélia,

    O tratamento mais efetivo para uma nova gravidez é a FIV.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  19. fabioeugenio disse:

    Oi Carina,

    Pode sim ter nova gravidez, com tratamento e acompanhamento adequados.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  20. fabioeugenio disse:

    Oi Nana,

    Alguns exames, como a histerossalpingografia e o espermograma, podem ajudar nesta decisão.

    Abraços,

    Dr. Fábio Eugênio

  21. Adriana Martins dos Santos disse:

    Fiz a lacadura tubarea bilateral tem como faço para reverter 🔀 tem oito anos que fiz.

  22. fabioeugenio disse:

    Oi Adriana,

    Pode ser possível sim, mas são necessários exames para definir.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  23. Ana disse:

    Olá Dr.Fábio fiz laqueadura estou com sintomas de gravidez é possível eu estar grávida????

  24. fabioeugenio disse:

    Oi Ana,

    É possível, mas muito pouco provável ! Na dúvida faça o beta-hcg.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  25. Olá Dr Fábio! Gostaria de saber se a pessoa q fez laqueadura tubária bilateral. Se é possil engravidar com 7 mês de ter feito?

  26. fabioeugenio disse:

    Oi Mayara,

    Através da FIV é possível nova gravidez.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  27. luana disse:

    Ola Dr meu nome é Luana tenho 32 anos e a 5
    Anos fiz uma gravidez equitopca em seguida tubaria
    E o medico mim garantiu que eu não
    Poderia engravidar porem estou com leite na mama e tenho desejos
    De gravidas a possibilidades de ser uma gravidez sem ter feito nenhum tratamento?

  28. tatiane g santos disse:

    gostaria de fazer a vertilizacao e, vitro gostaria de saber quanto custa e aonde e a crinica mas próxima pra min morro em são goncalo niteroi obrigada

  29. Izzy Rainer disse:

    Adorei o site, parabens!!

  30. Maria disse:

    Tenho 42 anos fiz laquiadura há 16 anos tenho possibilidade de engravidar

  31. fabioeugenio disse:

    Oi Luana,

    Você perdeu uma trompa e fez laqueadura na outra? É raro, mas esta trompa ligada pode recanalizar espontaneamente.

    Na dúvida, faça o beta-hcg.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  32. fabioeugenio disse:

    Olá Tatiane,

    No Rio de Janeiro há várias excelentes clínicas.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  33. fabioeugenio disse:

    Oi Maria,

    Há possibilidade através da fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  34. Liliane disse:

    Olá Dr Fábio.
    Eu tenho 42 anos,sempre fui fui muito fértil,tive 2 filhos,contraiu HIV,após tratamento e carga viral zerada engravidei,mas foi natimorto aos 38 semanas,após dois anos engravidei novamente,é minha filha é perfeita e saudável,pois fiz tudo certinho. Fiz laqueadura,e finalmente encontrei a pessoa que estou casada.Casamento dos meus sonhos civil e religioso. Ele quer muito ter um filho comigo.Tive 4 cesaras, será possível fazer fica,seria arriscado para mim? É possível? Estou bem de saúde

  35. fabioeugenio disse:

    Oi Liliane,

    Tem que haver liberação do obstetra, pois uma quinta gravidez pode trazer risco de rotura na cicatriz das cesáreas.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  36. Liliane disse:

    Olá Dr Fábio.
    Eu tenho 42 anos,sempre fui fui muito fértil,tive 2 filhos,contraiu HIV,após tratamento e carga viral zerada engravidei,mas foi natimorto aos 38 semanas,após dois anos engravidei novamente,é minha filha é perfeita e saudável,pois fiz tudo certinho. Fiz laqueadura,e finalmente encontrei a pessoa que estou casada.Casamento dos meus sonhos civil e religioso. Ele quer muito ter um filho comigo.Tive 4 cesaras, será possível fazer fica,seria arriscado para mim? É possível? Estou bem de saúde
    E com meus óvulos e não de doadora.

  37. Daiana disse:

    Boa tarde Dr . Tenho 31 anos sou Laqueada porém minha menstruação está atrasada a 70 dias estou com sintomas de gravidez , será que posso estar grávida …. Sou Laqueada a 5 anos

  38. Jane disse:

    Olá dr. Fiz uma laqueadura a 4 anos atras e minha menstruação atrasou , fiz o teste rápido de gravidez e deu positivo .
    Pode ter tido uma reversão espontânea??neste tempo ..
    Pode have uma gravidez nas trompas ?
    No caso seria feito uma intervenção ?
    Vou fazer uma trasvaginal pra saber a real situação na terça feira .
    Mas se puder me ajudar antes respondendo minhas informações agradeço .

  39. fabioeugenio disse:

    Oi Daiana,

    A possibilidade é muito pequena, mas na dúvida faça um beta-hcg.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  40. fabioeugenio disse:

    Oi Jane,

    Há sim possibilidade de gravidez tubária, mas a maioria dos casos implanta normalmente (intra-uterina).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  41. Welane disse:

    Sou liga a tres anos ligaça tubaria tenho capasidade dw engravida novamente?

  42. fabioeugenio disse:

    Oi Welane,

    Existem ótimas chances de nova gravidez através da fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  43. juliana castro de oliveira disse:

    bom dia fiz uma histerectomia parcial aos 30 anos foi por opção como me arrependo não tenho filhos tirei o utero

  44. fabioeugenio disse:

    Oi Juliana,

    Você pode ser mãe pela FIV com útero de substituição.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  45. Kelli disse:

    Fiz laqueadura posso engravidar?

  46. luzinete disse:

    tenho 50 anos fiz laqueadura e pretendo fazer inserminaçao gostaria de saber se possivel engravidar .fiz laqueadura aos 40 anos

  47. simone faria disse:

    Oi sou Simone fiz laqueadura tubaria a 8 anos atrás,mais mim arrependo demais agora ,queria engravidar novamente,e possível,tou com 34 anos.

  48. Carol Carvalho disse:

    Olá Dr. Fábio!
    Estou com 38 anos e fiz laqueadura há 13 anos e hj estou prestes a casar e meu companheiro deseja mto ter um filho… Já insisti mto para adoção mas ele não quer… Ainda posso engravidar até os 40 com a FIV? É seguro? Existe aquela porcentagem de vir um bebê com Síndrome de Down mesmo na FIV após os 35 anos? Podemos escolher o sexo do bebê?
    Agradeço desde já!

  49. fabioeugenio disse:

    Oi Kelli,

    Pode sim. O tratamento mais efetivo é a fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  50. fabioeugenio disse:

    Oi Luzinete,

    Você pode engravidar novamente através da fertilização in-vitro (FIV) com óvulo-doação.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  51. fabioeugenio disse:

    Oi Simone,

    As chances são ótimas de nova gravidez pela fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  52. fabioeugenio disse:

    Oi Carol,

    Há ótimas chances com a FIV, mas se vai esperar até os 40 pode ser mais prudente já congelar óvulos ou embriões desde agora.

    O risco de Down é referente à idade da mulher, a despeito de ser gravidez natura ou por FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  53. Simplesmente adorei as dicas citadas aqui, realmente a infertilidade é um grande problema que afeta muitas mulheres e acredito que com um bom tratamento nós podemos conseguir o tão sonhado filho ou filha. Adorei seu blog.

  54. Patricia Cristina Bonfim dos Santos disse:

    Droutor Fábio
    Eu tenho 38anos
    Tive 6 partos normais
    Fiz laqueadura há cinco anos
    Será que posso engravidar de novo
    Muitos fala que depois de alguns anos podemos
    Ficar grávida de novo
    E verdade

  55. fabioeugenio disse:

    Oi Patrícia,

    Pode engravidar com tratamentos, como a fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

Deixe uma resposta

Mensagem