Endometriose e Infertilidade - Medicina Reprodutiva - Dr. Fábio Eugênio

A endometriose é uma doença ginecológica que se caracteriza pela presença de tecido endometrial (endométrio – revestimento interno do útero) fora de sua localização usual. O endométrio deve estar localizado somente dentro da cavidade uterina. Sua presença na pelve feminina configura a endometriose, podendo atingir qualquer tecido ou órgão nesta região, sendo as localizações mais frequentes no peritônio (membrana de recobrimento dos órgãos pélvicos e abdominais), nos ovários (formando cistos chamados endometriomas), nas trompas (causando aderências), e infiltrando em tecidos fibrosos atrás do útero ou mesmo no intestino e bexiga.

O quadro clinico típico da endometriose é o da dor pélvica crônica. As pacientes sentem dores muito fortes pré-menstruais e durante a menstruação. Normalmente este quadro vai se intensificando ao longo dos anos. Além das dores espontâneas, pode haver dor na relação sexual, e associada ao ato de defecar (caso a endometriose atinja o intestino). Outra queixa frequente nestas mulheres é a dificuldade para engravidar – subfertilidade.

É uma condição muito prevalente hoje em dia. Calcula-se que entre 10 e 15% das mulheres em idade fértil possam apresentar endometriose. Nas pacientes inférteis esta proporção pode atingir 40 a 50%. Muitas vezes a doença permanece apenas como suspeita clínica, subdiagnosticada, porque para diagnóstico definitivo e tratamento é necessário que a mulher seja submetida a uma cirurgia – a videolaparoscopia.

A endometriose pode comprometer a fertilidade feminina de muitas maneiras. A formação e amadurecimento dos óvulos estão prejudicados. O funcionamento das trompas também. O processo inflamatório crônico da pelve associado à endometriose prejudica a fertilização do óvulo pelo espermatozoide. E, ainda, a doença pode alterar a receptividade do útero e endométrio normal à implantação embrionária.

Quando o problema da mulher com endometriose é exclusivamente a dor pélvica, o tratamento pode ser clínico (com medicamentos) ou cirúrgico (através da videolaparoscopia). O tratamento clínico é feito com medicações hormonais que reduzem a ação do estrogênio nos focos de endometriose, como os análogos de GnRH (ZOLADEX), anticoncepcionais, e a progesterona. É bom alertar que o tratamento clínico é somente paliativo. Alivia a dor, mas não trata a doença diretamente porque os focos pélvicos de endometriose permanecem. O tratamento definitivo seria o cirúrgico. Na videolaparoscopia realiza-se a retirada e cauterização dos focos de endometriose da pelve. Neste caso existe melhora importante das dores. O problema é que estas cirurgias muitas vezes são extensas, com risco de complicações, e necessidade de retirada de grandes quantidades de tecido.

Quando o principal problema é a subfertilidade, a abordagem é diferente. O tratamento clínico não traz nenhuma melhora na fertilidade; pelo contrário, as medicações usadas são contraceptivas. O uso destas medicações vai somente retardar a resolução do problema – conseguir a gravidez para o casal. Existem algumas evidências científicas, ainda não definitivas, de que o tratamento cirúrgico, com retirada dos focos pélvicos de endometriose pela videolaparoscopia, possa melhorar a fertilidade espontânea da mulher. O problema aqui é que vai estar se indicando uma cirurgia de médio a grande porte, sob anestesia geral, para uma paciente a priori hígida, cuja dificuldade é apenas conseguir engravidar.

A boa notícia é que os métodos de reprodução assistida (inseminação intra-uterina e fertilização in-vitro) têm excelente indicação nos casos de endometriose, e podem, efetivamente, ajudar o casal a conseguir a gravidez. No caso da inseminação, a estimulação ovariana pode corrigir a disfunção ovulatória da endometriose, e o aumento da quantidade de espermatozoides ativos nas trompas pode facilitar a fertilização do óvulo.

A fertilização in-vitro (FIV) seria o método de escolha de tratamento do casal infértil com endometriose. Neste caso a fertilização é realizada fora do organismo, em laboratório, após coleta dos óvulos e espermatozóides. Portanto os gametas não estariam submetidos àquele processo inflamatório crônico da pelve. Além disso várias medicações utilizadas para ajudar na implantação embrionária podem corrigir defeitos endometriais que existam na doença. As chances de gravidez são portanto excelentes, a depender da idade da mulher e qualidade dos embriões produzidos.

Nos casos de endometriose severa, com múltiplos focos e cistos ovarianos, permanece uma controvérsia científica se a videolaparoscopia prévia poderia melhorar a fertilidade destas mulheres e propiciar maiores chances de gravidez nos tratamentos de reprodução assistida. O receio é que a cirurgia possa, per se, principalmente quando existe doença ovariana, levar a retirada de porções de ovário normal, e com isso prejudicar a reserva de óvulos das pacientes. Em muitos casos é preferível fazer um bloqueio hormonal da doença com análogos de GnRH ou pílula contraceptiva e, a seguir, proceder imediatamente ao tratamento de fertilização in-vitro.

De todo o exposto, depreende-se que é fundamental que a paciente com suspeita de endometriose e que tenha dificuldade para engravidar seja avaliada o mais precocemente possível por um especialista em Medicina Reprodutiva.

94 Comentários para “Endometriose e Infertilidade”

  1. catiasales disse:

    oi gostaria de saber quanto fica um FIV hoje, tenho 42 anos e meu esposo 46, fiz laqueadura quando a 14 anos e não consigui fazer a reversão , já fiz todos os exames e as trompas continuam obstruidas, me indicaram o FIV, gostaria de saber quanto ficaria hoje o valor. grata

  2. fabioeugenio disse:

    Oi Cátia,

    O custo varia em cada clínica, sendo em média de 15 mil reais incluindo medicações.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  3. Sílvia Abreu disse:

    Oi tenho 34 anos sofro de aminorreia desde 15 anos agora sou casada a 9 anos e tento engravidar não consigo. Os médicos dizem que tenho infertilidade primária. Já fiz vários tratamentos e nada o que eu faço. ? Ajuda por favor.

  4. Sílvia Abreu disse:

    kero Engravidar

  5. fabioeugenio disse:

    Oi Sílvia,

    Deve-se estabelecer a causa de sua amenorreia, para definir o melhor tratamento para você engravidar.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  6. Denise disse:

    Bom dia Dr.Fábio tenho 35 anos e tenho endometriose, peço, por gentileza, esclarecer uma dúvida após a videolaparoscopia a mulher
    Pode ter relação sexual normalmente ou sera necessário esperar por um período longo? Há chances de engravidar?
    Ou apenas com Fiv? Aguardo seu retorno. Abraços

  7. fabioeugenio disse:

    Oi Denise,

    A liberação para relações sexuais quem determina é o cirurgião (depende da cirurgia). E em muitos casos pode haver gravidez natural.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  8. Alexandra disse:

    Boa noite Dr. Fábio.
    Sou portadora de endometriose profunda grave. No ano passado fui submetida a uma cirurgia através de laparoscopia. Tenho duas perguntas… Existe algum risco de agravar a doença por engravidar? Conseguirei engravidar através de FIV?

    Muito obrigada,
    Ilda

  9. fabioeugenio disse:

    Oi Alexandra,

    Você pode engravidar pela FIV sim. E na gravidez a endometriose até melhora.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  10. kiama disse:

    Boa noite Dr. Fábio.
    Sou portadora de endometriose profunda grave. No ano passado fui submetida a uma cirurgia através de laparoscopia. Será que a endometriose desaparece por completo ?

    Muito obrigada,
    Kiama

  11. fabioeugenio disse:

    Oi Kiama,

    O objetivo da cirurgia é retirar toda a doença, mas pode haver recidiva futura. Acompanhe sempre com o ginecologista.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  12. Leticia Brito da Silva Henrique disse:

    Gostaria de saber se a videolaparoscopia quando realizada em casos severos pode complicar a realização da FIV?

  13. fabioeugenio disse:

    Oi Letícia,

    Em geral não, a não ser que comprometa muito os ovários e a reserva de óvulos.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  14. Tania disse:

    Tenho 33anks não tenho filhos e os médicos dizem que tenho que retirar as trompas e que tenho endrometriose e cistos.

  15. fabioeugenio disse:

    Oi Tânia,

    Mesmo se perder as trompas, poderá engravidar pela FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  16. Olga disse:

    Tenho 28 anos e há muitos anos que tenho endometriose nos ovários, faço medicação a base de pílulas sem intervalo, mas desde o mês de fevereiro deixei de consumir a pílula regularmente pois pretendo engravidar pela primeira vez na minha vida e não consigo, será que fazendo o procedimento de fertilização tenho chances? Ajudem-me

  17. fatima disse:

    tenho endometriose e gostaria de saber quanto custa laparoscopia por favor mi ajude tou sofrendo muito sinto dor direto mesmo ser mestruar

  18. fabioeugenio disse:

    Oi Olga,

    É necessário consulta + exames de avaliação para decidir o tratamento mais indicado.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  19. fabioeugenio disse:

    Oi Fátima,

    Para tratamento cirúrgico de endometriose te indico Dr. Sidney Pearce (85) 3088.1197

    Abs,

    Dr. Fábio Eugânio

  20. Carla disse:

    Dr. Fábio pode indicar um profissional no Rio de Janeiro?
    Obrigada

  21. Karin disse:

    Oi dr.
    Tenho endometriose mas fiz a isterosalpingografia
    E minhas trompas estão perfeiras.
    Passei em 2 medicos especialista.
    Um falou pra fazer o coito programado, outro fertilizaçao.
    Qual devo fazer?

  22. fabioeugenio disse:

    Oi Carla,

    Te indico as clínicas Origen e Fertilicita.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  23. fabioeugenio disse:

    Oi Karin,

    Depende de sua idade e dos outros fatores reprodutivos, inclusive espermograma.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  24. Gisele moura disse:

    Bom dia doutor tenho endometrioma ovariano e estou fazendo o tratamento com allurene caso nao melhore e precise fazer a laraparoscopia posso optar por fazer a fertilizacao invitro ao inves da laparoscopia

  25. fabioeugenio disse:

    Oi Gisele,

    Pode sim. Inclusive em muitos casos preferimos fazer antes a FIV pois a cirurgia pode diminuir a reserva ovariana.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  26. Gisele moura disse:

    DR tem como uma pessoa com endometrioma ovariano engravidar tomando allurene e eh normal no primeiro mes a menstruacao vim bastante forte?

  27. fabioeugenio disse:

    Oi Gisele,

    É muito raro gravidez nesta situação, e pode sim haver sangramento irregular.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  28. Gisele moura disse:

    Dr no caso de quem tem endometiose eh mais indicado inseminacao ou fiv ? E quais as chances de uma fiv nao darem certo na primeira tentativa?

  29. fabioeugenio disse:

    Oi Gisele,

    A FIV oferece maiores chances de gravidez, e estas chances dependem da idade da mulher e qualidade dos embriões.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  30. katia de Oliveira disse:

    Olá Dr. Fábio

    Tenho 36 anos e tento engravidar a 5 e até agora não obtive sucesso. De alguns meses para cá tenho sentido muita dor ao evacuar mais só quando estou menstruada.Eu e meu esposo já fizemos todos os tipos de exames possíveis só não a videolaparoscopia. Será que é viável já partir para FIV. Me ajude por favor.

  31. fabioeugenio disse:

    Oi Kátia,

    Você pode sim partir diretamente para a FIV. As chances de gravidez são muito boas.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  32. Alessandra disse:

    Boa noite,
    Dr. Fábio, tenho 29 anos e tento engravidar há 1 ano e 5 meses fui diagnosticada com endometriose profunda, fiz Histerossalpingografia e deu normal, ovários bons e espermograma normal também, minha médica indicou coito programado, FIV ou cirurgia. Na sua opinião no meu caso seria viável fazer a FIV antes de tentar outros métodos? Tenho chances mesmo com endometriose profunda?

  33. fabioeugenio disse:

    Oi Alessandra,

    Pode haver gravidez até natural. Mas como se passou 1,5 anos, melhor já partir para algum tratamento.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  34. Elizangela disse:

    Oi tento engravidar a cinco anos… Descobri recente que tenho endometriose leve…indicação de videolaparoscopia…. Será que devo fazer a fertilização primeiro….. Ou devo fazer a videolaparoscopia mesmo.. ???

  35. fabioeugenio disse:

    Oi Elizângela,

    As chances com a fertilização são excelentes, e como já se passaram 5 anos é a melhor opção para você.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  36. regislaine disse:

    doutor tenho endometriose severa que acomete ovários e intestino o que devo fazer primeiro a cirurgia video ou a fertilização in vitro

  37. fabioeugenio disse:

    Oi Regislaine,

    Depende de sua idade, e de outros fatores de fertilidade, mas a tendência atual é fazer diretamente a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  38. Eliane disse:

    Oi Dr. Tenho um cisto endometrioma e tento engravidar a 4 anos e já tenho um filho de 12 anos. qual seria a melhor opção para mim. Obrigada.

  39. fabioeugenio disse:

    Oi Eliane,

    A melhor opção é a fertilização in-vitro (FIV).

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  40. renan disse:

    Boa noite Dr.Fabio
    Minha namorada tem endometriose profunda
    ela realizou 9 cirurgias e entrou no paliativo.
    Voce poderia me explicar porque ela entrou no paliativo?

    obrigado desde já

  41. fabioeugenio disse:

    Oi Renen,

    O tratamento paliativo (clínico) é para melhorar dores e diminuir risco de retorno da doença.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  42. Carolina disse:

    Olá Dr, tenho 30 anos, nunca tentei engravidar, mas descobri uma endometriose que está acometendo ovarios, utero, intestino e reto, bem como estou com um endometrioma de 6cm. Quero engravidar esse ano. Qual a melhor opção:
    1) a videolaparoscopia com congelamento prévio de ovulos, ou
    2) FIV

    ??

    Agradeço, desde já.

  43. Bruna disse:

    Doutor tenho 21 anos tenho endometriose fiz tratamento com o allurene mas minha menstruação volto e a dor acabou vindo junto minha médica disse q caso a dor voltasse teria q fazer o videoloroscopia mas tenho muito medo desses procedimento além do mais quero ser mãe mas daqui uns três anos o que fazer nesse caso? Devo me subimenter ao exame?

  44. fabioeugenio disse:

    Oi Carolina,

    A melhor opção é fazer bloqueio hormonal, realizar a FIV, congelar embriões e somente então fazer a videolaparoscopia.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  45. fabioeugenio disse:

    Oi Bruna,

    A videolaparoscopia, nas mãos de uma equipe experiente, é um excelente tratamento para a endometriose, e pode até aumentar a fertilidade natural.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  46. Elen disse:

    Olá Dr. Fábio…

    Gostei muito do texto.
    Tenho 35anos, meu marido tem 53anos. Ele fez vasectomia há mais de 10anos. Procuramos uma clinica de fertilização. Realizei todos exames necessários e tudo corria bem. Então partimos para a FIV, consegui 15 foliculos, porém 12 ovulos dos quais: 6 com mais de 18mm e os demais menores. Fiz a captação e neste momento a biomedica disse que desses 6 apenas 4 poderiamos tentar a fertilização, mas não me disse o motivo. No dia da colocar os “embrioes” me informaram que apenas 2 estavam bons… e que os outros 2 não desenvolveram. Inseminei então os 2, um tipo A e um tipo B e não engravidei. Voltei no retorno e o médico disse que no dia da captação notaram que meus óvulos estavam escuros e que seria sinal de endometriose. Tenho os sintomas como cólicas fortes no período menstrual e grande fluxo. Gostaria de tentar novamente a FIV. O que é aconselhável neste caso?

  47. fabioeugenio disse:

    Oi Elen,

    Faça avaliação para endometriose previamente, e avalie necessidade de bloqueio hormonal antes de nova estimulação.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  48. Rogeria disse:

    Fiz todos meus exames e descobri que tenho endometriose, tenho 27 anos e meu marido 30 os exames deles são ótimos TB,o médico para fazer inseminação uterina, mais quero muito engravidar faz 2 anos que tento, não queria passar por uma tentativa e não conseguir, é melhor a inseminação uterina ou a Fiv?

  49. fabioeugenio disse:

    Oi Rogéria,

    Em termos de chance de gravidez, sem dúvidas, a FIV é superior.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  50. Elen disse:

    Obrigada pela resposta. Só mais uma dúvida, por gentileza:

    A avaliação que é feita para endometriose é a videolaparascopia?

    Obrigada

    Oi Elen,
    Faça avaliação para endometriose previamente, e avalie necessidade de bloqueio hormonal antes de nova estimulação.
    Abs,
    Dr. Fábio Eugênio

  51. fabioeugenio disse:

    Oi Elen,

    Ultrassom de mapeamento, e se necessário videolaparoscopia.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  52. Selma disse:

    Olá Dr. Fábio, tenho 41 anos e endometriose profunda com acometimento de endometriomas bilaterais de aproximadamente 5,0 cm, aderências de tubas e ovários, tuba direita parcialmente obstruída. Meu marido tem 42 anos e a contagem espermática dele foi 11 milhões (2013). Tento há 3 anos a gravidez natural sem sucesso. Gostaria de saber se dá para fazer a estimulação para FIV nestas condições ou primeiro devo fazer a videolaparoscopia para retirada dos cistos e aderências?

  53. fabioeugenio disse:

    Oi Selma,

    Depende da presença de folículos ovarianos que possam responder à estimulação. Um ultrassom detalhado pode definir.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  54. graziela disse:

    Boa tarde dr, estou tentando engravidar já faz uns cinco anos, e agora descobri endometriose profunda focal, será q devo fazer a fertilizaçao antes da apos, me orienta por favor.

  55. graziela disse:

    Estou p marcar uma video oq devo fazer inseminaçao primeiro

  56. fabioeugenio disse:

    Oi Graziela,

    Se o primeiro objetivo é a gravidez, melhor fazer diretamente a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  57. Priscila disse:

    Olá Dr,

    Tenho endometriose leve, em que não afeta outros órgãos, passei por diversos especialistas e a recomendação foi que deveria partir para FIV antes e não operar.
    Tenho 37 anos e optei pela fertilização, tive 15 foliculos, 10 maduros, 7 embriões. Ao transferir, a embriologista disse que na medida que o tempo passava, os embriões não evoluíam. Transferi os 2 melhores e não engravidei. Segundo ela, meu problema seria molecular e ela não teria como me ajudar, certamente por causa da endometriose.
    O médico disse que eu deveria fazer nova tentativa, mas tenho receio de tentar mais vezes, pois ficou a palavra dele versus a da embriologista. De certa forma, perdi a confiança na fertilização. Isso é realmente possível acontecer?! Não engravidar por conta da qualidade dos óvulos serem ruins por causa da endometriose?
    Operar seria a melhor saída?!

    Muito obrigada!
    Abracos

  58. fabioeugenio disse:

    Oi Priscila.

    É possível sim que a qualidade dos óvulos esteja, diminuída. Ainda assim, com tratamento adequado é possível conseguir embriões de qualidade.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  59. Kelli disse:

    Boa tarde Dr.
    Tenho pequenos focos de endometriose no útero, nos ligamentos e na parede do intestino. Tenho cistos ovarianos, no ovário esquerdo, causados pela endometriose. Não se sabe a profundidade da endometriose na parede do intestino, pois não fiz a vídeo, somente uma ressonância. tenho 36 anos e tenho pressa em engravidar, pois levo em consideração o fator da idade. Gostaria de saber se tenho chances de engravidar através da FIV, ou seria necessário a vídeo em primeiro lugar?
    Muito Obrigada pelos esclarecimentos.

  60. Carla Maísa disse:

    Olá dr. Fabio,
    Tenho endometriose e fui operada em 2012 para retirar cisto no ovario. fiz coito programado umas três vezes após a videolaparoscopia e não consegui engravidar. Em 2014 fiz a FIV e tbm não tive sucesso. Queria tentar engravidar naturalmente e um medico me aonselhou uma videolaparoscopia pra ve as trompas estão permeaveis e se tem alguma aderencia pra avaliar a possibilidade de engravidar naturalmente. O senhor me aconselharia essa cirurgia para tentar a gravidez de forma natural ou tentar a FIV novamente?
    Desde já muito obrigada!

  61. fabioeugenio disse:

    Oi Kelli,

    Você pode fazer diretamente a FIV, antes da videolaparoscopia.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  62. fabioeugenio disse:

    Oi Carla,

    Sem dúvida a melhor opção é a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  63. Larissa disse:

    Olá Doutor
    Tenho 35 anos e estou a 7 anos tentando engravidar. Fui diagnoaticada com endometrioma no ovário esquerdo, já fiz duas videolaparoscopias, tentei um coito programado sem sucesso e recentemente fiz uma fiv. Tive 27 folículos, sendo 14 óculos, 8 embriões porém apenas 1 blastocisto inicial que não implantou. O que devo fazer agora? Como melhorar a qualidade dos óvulos que estão ruins devido a endometriose, e a qualidade dos embriões. Tenho 3,6 de reserva ovariana. Tenho medo de tentar outra fiv e não dar certo de novo. O que faço?
    Obrigada.

  64. fabioeugenio disse:

    Oi Larissa,

    Sua reserva ovariana é excelente. Em relação à qualidade, não há um tratamento específico, mas mudanças hormonais no bloqueio hipofisário e na estimulação ovariana podem ajudar.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  65. FRANCILENE disse:

    Boa noite,
    Dr. Fábio.. tenho 27 anos, com endometriose avançada, já fiz duas cirurgias, nos exames mostraram baixa reserva ovariana, estou com um endometrioma no ovario esq, terei chances de engravidar por FIV?

    Grata.

  66. fabioeugenio disse:

    Oi Francilene,

    Chance há sim, desde que consiga formar bons embriões.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  67. Rosania disse:

    Eu não tenho o ovário direito e descobri que o esquerdo está com cisto e endometriose,quero saber se posso ser mãe

  68. fabioeugenio disse:

    Oi Rosania,

    Há possibilidade de gravidez sim, com tratamento adequado.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  69. Vanessa disse:

    Boa noite Dr. Fábio, tenho endometrioma no ovário esquerdo, e foco no intestino. Descobri pq tinha cólicas muito fortes, alterações e dores intestinais durante o período mentiu alguma, dores durante a relação e como todas as colegas daqui percebi que não conseguia engravidar. Não sei o que fazer, pois consultei as duas clínicas mais conceituadas da cidade… um disse para fazer videolaparoscopia e depois ver se conseguia engravidar…. e o outro medico disse o que o Dr. Colocou neste artigo, que ele faria direto a fertilização in vitro, sem a vídeo, pois a gravidezero seria um tratamento para endometriose. .. e cauterizar o endometrioma poderia comprometer os óvulos saudaveis. Gostaria da sua opinião como especialista. .pois não sei o que fazer.

    Obrigada! !!

  70. Vanessa disse:

    Ah.. tenho 32 anos e meu marido 34

  71. fabioeugenio disse:

    Oi Vanessa,

    Para engravidar, a FIV é o tratamento mais efetivo.

    Porém, como você tem idade boa, se tiver também boa reserva ovariana (pode ser avaliada), a videolaparoscopia pode ser tentada antes.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  72. patricia disse:

    Boa noite Dr Fabio. De acordo com meus exames tenho endometriose na parede do intestino (sigmóide) mas útero, ovários, trompas estão ok. Minha fertilidade pode ficar prejudicada mesmo por ter apenas no intestino?

  73. Maria de Fatima disse:

    Bom dia Dr. Fábio, Sou portadora de endometriose profunda grave, aos meus 26 anos de idade fui submetida a uma cirurgia a qual tive as trompas retiradas por causa da endometriose, fiz aquele processo com ingecoes por 6 meses para uma menopausa precosse para a cicatrizacao depois disso meu periodo nunca foi o mesmo o que aos meus 36 foi constatado que estava na menorpousa e hoje com 42 anos meu marido e eu gostariamos de termos um filho, minha pergunta e em minha situacao tenho alguma chance de engravidar?

  74. Maria de Fatima disse:

    Se tenho qual procedimento o Dr. me indicaria. Em sao Paulo que clinica ou hospital o Dr me aconselha a procurar. Grata

  75. fabioeugenio disse:

    Oi Patrícia,

    Sim. Independentemente da extensão da endometriose, pode comprometer a fertilidade.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  76. fabioeugenio disse:

    Oi Maria de Fátima,

    Você pode engravidar pela FIV com óvulo-doação.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  77. Dai disse:

    Oi Dr. estou com suspeita de endometriose, qual o melhor exame para diagnostica-la que não seja a videolaparoscopia pois tenho 36 e provavelmente vou me submeter a FIV.

  78. fabioeugenio disse:

    Oi Daiane,

    Diagnóstico de certeza apenas com a videolaparoscopia.

    Como exame inicial, o ultrassom de mapeamento pode ajudar.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  79. Lu Leitão disse:

    Boa noite Dr., tenho 34 anos e o meu marido 32 e fui operada por videolaparoscopia a endometriose, miomas e quistos em Maio/16. As minhas trompas não são permeáveis.
    Desde a operação sinto-me bem, pretendo engravidar pelo FIV.
    1- Qual é a taxa de sucesso?
    2- Tenho que aguardar mais tempo devido à cirurgia?
    3- O que pode não dar certo

    Obrigada!

  80. fabioeugenio disse:

    Oi Lu,

    Quanto antes fizer, maiores as chances. Na sua idade, em torno de 50 a 60% por tentativa.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  81. Seny disse:

    Olá, adorei o site
    Fui diagnosticada com trompas obstruídas, há um ano e meio e descobri que só poderia engravidar a través de um um vitro. Acontece que há um mês as minhas dores pélvica agravaram, sendo que sinto dores ao defecar ao me relacionar sexualmente etc, e procurei um médico que me aconselhou ou a fazer laparoscopia ou a partir já pra uma fertilização um vitro. Preciso de concelho para me decidir sendo que o valor que estou acumulando para realizar o meu sonho de ser mãe é práticamente o mesmo para laparoscopia. Me ajuda, não seria melhor fazer uma informação vitro?

  82. Seny disse:

    Quiz dizer uma in vitro, sendo que já tenho 29 anos, e tou mortinha por ser mãe é o meu marido também.

  83. Seny disse:

    Olá, bom dia adorei este site.
    Tô tentando pedir ajuda há uns dias aqui.
    Preciso decidir, se faço uma laparoscopia ou uma fertilização in vitro, uma vez que essa é condição colocada pelos médicos que consultei, após ter sido diagnosticada com trompas totalmente obstruídas, e também neste momento estar a sofrer com muitas dores pélvica, ao fazer sexo, defecar, etc. Tendo em conta é o gasto séria quase o mesmo para os dois procedimentos, por ter 29 anos e não dispor de muitos meios, to preferindo permanecer sofrendo com as dores e partir para uma in vitro.
    Me ajuda Doutor por favor, qual a melhor saída pra mim.
    Obrigada.

  84. Claudia Mourao disse:

    Boa tarde Dr.,
    Tenho 41 anos e acabei de ser diagnosticada com endometriose. Nunca sentí nada… Há 5 anos atrás colhí óvulos que foram fertilizados e congelados. Agora estou pensando em implantá-los e gostaria de saber se teria sucesso em uma gestação sem fazer a cirurgia? Ou seria recomendado fazer a cirurgia antes e implantar depois? Obrigada!

  85. fabioeugenio disse:

    Oi Seny,

    Sem dúvida a melhor opção é partir diretamente para a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  86. fabioeugenio disse:

    Oi Seny,

    Conforme expliquei, melhor você fazer diretamente a FIV.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  87. fabioeugenio disse:

    Oi Cláudia,

    Provavelmente não há indicação de cirurgia, já que você não tem sintomas, e não vai ajudar na implantação dos embriões.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  88. Luana disse:

    Olá boa tarde DR fabio
    Estou tentando engravidar a 3 anos fiz vários exames e não nada em nenhum.
    Ano passado fiz 3 meses de tratamento coito programado.
    Insucessos
    Este ano fui em outra ginecologista e a mesma me pediu resso Pelve e o exame co125 que deu 71
    Estou com endometriose bem leve.
    Você me indicaria fazer o tratamento da endometriose ou partir para FIV
    Fico com medo por querer muito engravidar pular já para o passo da FIV sem tentar o tratamento da endo antes?
    o que me aconselha ?
    Estou perdida pois descobri essa semana e muito novo.
    Obrigada
    E

  89. Luana disse:

    Olá boa tarde DR fabio
    Estou tentando engravidar a 3 anos fiz vários exames e não nada em nenhum.
    Ano passado fiz 3 meses de tratamento coito programado.
    Insucessos
    Este ano fui em outra ginecologista e a mesma me pediu resso Pelve e o exame co125 que deu 71
    Estou com endometriose bem leve.
    Você me indicaria fazer o tratamento da endometriose ou partir para FIV
    Fico com medo por querer muito engravidar pular já para o passo da FIV sem tentar o tratamento da endo antes?
    o que me aconselha ?
    Estou perdida pois descobri essa semana e muito novo.
    Obrigada
    E tenho 30 anos será que devo esperar mais um pouco para partir para FIV

  90. fabioeugenio disse:

    Oi Luana,

    A FIV te dá um resultado mais rápido, já que as chances de sucesso na sua idade são excelentes !!

    Mas se tiver paciência, outra opção é fazer o tratamento cirúrgico da endometriose (videolaparoscopia), e depois aguardar por mais 6 meses a 1 ano por gravidez natural.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  91. Lucia lopes disse:

    Dr descobri que tenho miomatose e endometriose tenho 44 e meu namorado 43 a chance de poder engravidar ainda perdi uma filha com dezesseis anos e queria realizar esse sonho novamente de ser mãe obrigada

  92. fabioeugenio disse:

    Oi Lúcia,

    Há chances sim, mas tem que avaliar o melhor tratamento.

    Consulte especialista.

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

  93. Emerson disse:

    Olá, minha noiva já fez uma cirurgia de endo retirando um cisto, teve 2 filhos e fez laqueadura, hoje ela está perto de completar seus 35 anos, gostaria de saber se o tratamento FIV é indicado para uma gravidez. Obrigado.

  94. fabioeugenio disse:

    Oi Emerson,

    Sim. A FIV é uma ótima opção para nova gravidez!

    Abs,

    Dr. Fábio Eugênio

Deixe uma resposta

Mensagem